EUA fotografam pontos estratégicos da Somália

Dois helicópteros militares Black Hawk americanos sobrevoaram hoje a praia de Elman, a cerca de 30 quilômetros de Mogadíscio, a capital da Somália, informou uma rádio local citando vários testemunhos. O objetivo aparente da missão foi realizar um levantamento fotográfico de uma praia que constitui potencialmente um ponto de desembarque, informaram fontes somalis. A missão americana de hoje não é a primeira do gênero, já que há tempos vêm se realizando vôos similares. Ao mesmo tempo, conselheiros do Exército americano mantiveram conversações com alguns militares que controlam a maioria do território somali, que estão dispostos a oferecer bases e homens aos EUA e seus aliados caso estes queiram lançar na Somália a segunda fase de sua guerra contra o terrorismo islâmico.A frota militar dos EUA, que também recebeu apoio do Quênia e da Etiópia, controla as costas somalis para impedir que ali desembarquem Osama bin Laden e seus seguidores. Algumas fontes somalis, no entanto, afirmam que vários membros da organização Al-Qaeda que escaparam do Afeganistão já chegaram à Somália e ali estão organizando campos de treinamento para terroristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.