EUA: Homem mata 6 antes de ser morto pela polícia

Um homem que abriu fogo perto de uma universidade em Santa Monica, no Estado norte-americano da Califórnia, matou seis pessoas antes de ser morto pela polícia em uma troca de tiros na biblioteca da instituição de ensino.

AE, Agência Estado

07 Junho 2013 | 21h33

A comandante da polícia local, Jacqueline Seabrooks, disse a jornalistas que a chacina começou em uma casa em Santa Monica. Depois, o homem seguiu para o câmpus da Faculdade Santa Monica, todo vestido de preto.

Seabrooks disse que o suspeito matou duas pessoas na casa, que estava queimada, assassinou mais duas pessoas pelo caminho e tirou a vida de mais duas quando abriu fogo perto do câmpus universitário.

De acordo com testemunhas, o atirador posicionou-se numa esquina e começou a atirar contra diversos veículos que passavam pelo perto da Faculdade Santa Monica, inclusive um ônibus. A seguir, prosseguiu a chefe de polícia, o suspeito foi morto pela polícia na biblioteca da faculdade. A Faculdade Santa Monica tem aproximadamente 34 mil alunos. O motivo do ataque é desconhecido.

O local fica a aproximadamente cinco quilômetros de onde o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participava de um evento fechado no início da tarde desta sexta-feira. Segundo o Serviço Secreto, o evento não foi afetado. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAtiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.