EUA: Homem mata 6 antes de ser morto pela polícia

Um homem que abriu fogo perto de uma universidade em Santa Monica, no Estado norte-americano da Califórnia, matou seis pessoas antes de ser morto pela polícia em uma troca de tiros na biblioteca da instituição de ensino.

AE, Agência Estado

07 de junho de 2013 | 21h33

A comandante da polícia local, Jacqueline Seabrooks, disse a jornalistas que a chacina começou em uma casa em Santa Monica. Depois, o homem seguiu para o câmpus da Faculdade Santa Monica, todo vestido de preto.

Seabrooks disse que o suspeito matou duas pessoas na casa, que estava queimada, assassinou mais duas pessoas pelo caminho e tirou a vida de mais duas quando abriu fogo perto do câmpus universitário.

De acordo com testemunhas, o atirador posicionou-se numa esquina e começou a atirar contra diversos veículos que passavam pelo perto da Faculdade Santa Monica, inclusive um ônibus. A seguir, prosseguiu a chefe de polícia, o suspeito foi morto pela polícia na biblioteca da faculdade. A Faculdade Santa Monica tem aproximadamente 34 mil alunos. O motivo do ataque é desconhecido.

O local fica a aproximadamente cinco quilômetros de onde o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participava de um evento fechado no início da tarde desta sexta-feira. Segundo o Serviço Secreto, o evento não foi afetado. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.