EUA impõem sanções contra quatro russos por violações de direitos humanos

Os Estados Unidos impuseram sanções contra quatro russos por violações de direitos humanos. A ação é o mais recente sinal de agravamento da relação entre Washington e Moscou. Nos últimos meses, a Rússia tem enfrentado contundentes sanções econômicas devido à sua interferência na Ucrânia.

Estadão Conteúdo

29 de dezembro de 2014 | 20h38

O Departamento de Estado americano disse que os quatro homens incluem o primeiro-ministro e um outro alto funcionário da República chechena da Rússia. Eles não podem entrar nos Estados Unidos e qualquer ativo que tiverem no país foi congelado. Trinta e quatro russos estão agora incluídos na lista de restrições.

As sanções foram impostas por uma lei após denúncias do advogado russo Sergei Magnitsky. Ele apontou um conluio entre o crime organizado e um funcionário do governo russo, em 2008. Um ano depois, ele morreu de pancreatite não tratada na prisão, aos 37 anos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUARússiasanções

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.