EUA incentivaram Geórgia a invadir Ossétia, acusa Putin

O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, sugeriu hoje que os Estados Unidos empurraram a Geórgia para a guerra e disse suspeitar que a atitude tenha vínculos com a campanha para a presidência americana. A declaração foi feita durante uma entrevista concedida hoje por Putin à emissora de televisão CNN.De acordo com agências russas de notícias, Putin comentou durante a entrevista ao canal de notícias que os EUA aparentemente encorajaram a Geórgia a usar a força para solucionar sua disputa com os separatistas da Ossétia do Sul.Segundo a agência Itar-Tass, Putin comentou ironicamente que os EUA acharam que seria mais fácil armar um lado e "mandá-lo para a morte" do que engajar-se num difícil processo de negociação.Na entrevista, Putin diz suspeitar que alguém nos EUA provocou o conflito para dar vantagem a um dos candidatos nas eleições presidenciais americanas. Ele não cita nomes, mas deixa a entender que a Casa Branca estaria tentando favorecer o candidato republicano John McCain.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.