EUA iniciam campanha contra o suicídio

Autoridades sanitárias norte-americanas lançaram nesta quarta-feira uma campanha contra o aumento da taxa de suicídios, especialmente entre jovens.A campanha convida médicos, advogados, grupos religiosos e meios de informação a trabalharem juntos para resolver o problema.De acordo com o ministro da Saúde dos EUA, David Satcher, cerca de 30.000 pessoas cometem suicídio no país a cada ano, enquanto outras 650.000 tentam se matar sem sucesso.Satcher afirmou nesta quarta que a "solidariedade humana pode prevenir o problema". Além disso, ele apresentou uma série de recomendações e programas sociais voluntários de saúde mental e luta contra o suicídio.O ministro afirmou também que 4% dos norte-americanos, ou cerca de 11,2 milhões de pessoas, já pensaram em suicídio pelo menos uma vez na vida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.