EUA iniciam destruição de armas químicas da Síria

O Pentágono informou que a destruição das armas químicas da Síria que estão a bordo de um navio cargueiro dos EUA foi iniciada. O coronel do exército Steve Warren afirmou que levará cerca de 60 dias para destruir aproximadamente 600 toneladas de material.

AE, Agência Estado

07 Julho 2014 | 16h17

O navio Cape Ray deixou o porto italiano de Gioia Tauro na quarta-feira passada e está em águas internacionais. No mês passado a Síria entregou a países do Ocidente 1,3 mil toneladas de armas químicas que admitiu possuir, concluindo um acordo fechado no ano passado para evitar ataques aéreos norte-americanos.

O material, que inclui gás mostarda e matéria-prima para gás sarin, está sendo neutralizado. Os resíduos resultantes serão levados para depósitos equipados para receber materiais perigosos. Autoridades norte-americanas afirmaram que não serão jogados na atmosfera ou no mar qualquer quantidade de vapor ou água. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.