EUA iniciam missão humanitária no Iraque, diz oficial

O Exército dos EUA deu início a uma missão humanitária no Iraque na noite desta quinta-feira, informou um oficial das forças de segurança. Aviões militares foram enviados à região do conflito portando água e comida para os civis de minorias étnicas que foram obrigados a fugir para as montanhas.

THIAGO MORENO, Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 20h57

Segundo o agente do Exército, o governo norte-americano ainda está considerando lançar ataques aéreos contra os militantes do Estado Islâmico (antigo Estado Islâmico do Iraque e do Levante), que nos últimos dias tomaram o controle de cidades no norte do país.

No sábado, os extremistas sunitas capturaram a cidade de Sinjar, controlada pelos curdos e de maioria Yazidi, etnia que segue uma religião pré-islâmica. A Organização das Nações Unidas (ONU) calcula que cerca de 40 mil Yazidis fugiram para as montanhas sem comida ou água.

Oficiais norte-americanos disseram ter recebido um pedido formal de ajuda, mas não informaram se a solicitação havia partido das autoridades regionais do Curdistão ou do governo central do Iraque. (Com informações da Dow Jones Newswires)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIRAQUEREFUGIADOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.