EUA intensificam ataques em Tora Bora

Os Estados Unidos intensificaram os ataques aéreos contra a região montanhosa de Tora Bora e lançaram uma ofensiva terrestre contra os soldados da Al-Qaeda, rede terrorista liderada por Osama bin Laden.Durante os bombardeios de hoje, os EUA voltaram a usar a bomba ´corta-margaridas´, de cerca de 7 toneladas e que destrói tudo em um raio de algumas centenas de metros. Pelo menos uma dessa bombas foi usada, mas acredita-se que até três delas possam ter sido lançadas na região de Tora Bora. Além das ´corta-margaridas´, também foram usadas bombas convencionais contra os integrantes do Al-Qaeda. Comandantes tribais afegãos também disseram que não vão levar adiante um plano para capturar os membros da Al-Qaeda, que deveria acontecer ao meio-dia de hoje (1 hora da manhã, pelo horário de verão em Brasília). As forças tribais agora estão determinadas a exterminar os inimigos, que são, em sua maioria, muçulmanos estrangeiros."As forças da Al-Qaeda estão prestes a ser eliminadas", disse um comandante, identificado apenas como Hamid. "Eles não têm mais comida e munição" para continuar lutando, disse o comandante. Hamid disse hoje que o ataque foi ordenado depois que ficou claro que os líderes da Al-Qaeda fugiram da região de Tora Bora. Segundo o guerreiro afegão, esses homens podem estar tentando atravessar a fronteira do Paquistão, que fica a apenas alguns quilômentros do local.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.