EUA: Irã precisa esclarecer suspeitas sobre armas

O enviado dos Estados Unidos ao Irã Joseph Macmanus disse nesta quarta-feira que o país pode esperar alívio substancial das sanções que asfixiam a sua economia somente se esclarecer suspeitas de que tentou produzir armas nucleares. Mas Teerã disse que as acusações sobre produção de armas são "infundadas".

AE, Agência Estado

05 de março de 2014 | 13h32

O Irã e seis potências mundiais estão trabalhando em um amplo acordo que ofereça alívio a sanções em troca de redução de escala do programa nuclear do Irã.

Macmanus afirmou ao conselho de 35 nações da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) que esclarecer as suspeitas de que o Irã trabalhou em armas nucleares "será fundamental" para qualquer acordo final.

Teerã nega querer produzir ou ter trabalhando em armas nucleares. O delegado iraniano da AIEA Reza Najafi disse hoje que seu país não "não reconhece"

as alegações. O Irã está pronto para trabalhar com a AIEA a fim de esclarecer as suas suspeitas, mas salienta que essas "alegações são infundadas", afirmou o delegado a repórteres. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãnucleararmaseuasanções

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.