EUA já estão preparados para a guerra, diz general

O general Richard Myers, chefe doEstado-Maior das Forças Armadas americanas, disse hoje queos Estados Unidos já estão militarmente preparados para entrarem ação a qualquer momento contra o Iraque. "Essa guerra, porém não é inevitável", acrescentou o general, em visita à BaseAérea de Bagram, QG das forças americanas no Afeganistão. Myers ressaltou que a possível campanha militar emterritório iraquiano não influirá no compromisso assumido pelosEstados Unidos no Afeganistão. Ele assegurou que as ForçasArmadas americanas estão habilitadas para desempenhar bem seupapel nas duas frentes. E lembrou que os EUA "não estão sós"nesse conflito, numa alusão aos aliados europeus, principalmentea Inglaterra. Ao mesmo tempo, pela primeira vez desde a Guerra doGolfo de 1991, a Arábia Saudita ativou hoje o sistema de alarmeaéreo em todas as suas cidades. O funcionário saudita Saad al-Tuweijiri, responsávelpela segurança civil, disse esperar que não aconteça "nada demal em nosso reino", numa referência a um possível ataque dos EUA e aliados ao Iraque. E no deserto do Kuwait o Exército americano realizouneste sábado as mais vastas manobras desde 1991, envolvendo nosexercícios milhares de soldados e centenas de veículosblindados. No Iraque, os inspetores da ONU intensificaram hoje suabusca de componentes de armas químicas, bacteriológicas enucleares, vistoriando dez locais suspeitos, depois que os EUAprometeram entregar-lhes dados de espionagem sobre locais onde o Entre os locais visitados de surpresa pelos inspetoresda ONU figura uma refinaria de petróleo ao sul de Bagdá. Em meio a esse quadro, o diário Babel (de propriedadeUday, filho mais velho de Saddam Hussein) dirigiu duro ataque aopresidente americano, George W. Bush - que, em meio àpossibilidade de ataque ao Iraque, cancelou a viagem que fariaem janeiro à África. "O eterno problema da maldosa administração dos EUA éque o latido de seus cães continua sem nenhuma justificativa",diz o diário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.