EUA: julgamento contra John Edwards é anulado

O julgamento por corrupção em campanha eleitoral do ex-senador norte-americano John Edwards foi anulado nesta quinta-feira. Edwards foi inocentado da acusação de fraude no financiamento da campanha eleitoral em 2008 e outras cinco acusações contra o político democrata foram anuladas. Emocionado, Edwards falou com a imprensa na escadaria do tribunal de justiça de Greensboro. O julgamento de Edwards, que durou um mês, expôs um drama familiar que o político viveu entre 2006 e 2009, quando tentou disputar a presidência dos EUA. Na época, Edwards, casado com Elizabeth, se envolveu com uma assessora de campanha, Hunter, com quem teve uma filha.

AE, Agência Estado

31 Maio 2012 | 20h13

O político falou emocionado da filha que teve com Hunter, quando disputava a nomeação para ser candidato a presidente pelo Partido Democrata. A nomeação foi vencida por Barack Obama. A esposa de Edwards, Elizabeth, sofria de câncer em 2008 e morreu em 2010. Ele agradeceu aos jurados, aos seus pais e à sua filha mais velha, Cate, pelo apoio e pela absolvição.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.