EUA lança maior ofensiva aérea no Iraque desde início da guerra

Tropas americanas e iraquianas lançaram no início do dia a "Operação Enxame", uma ampla campanha contra supostos redutos rebeldes em zonas próximas à cidade de Samara, cerca de 125 quilômetros ao norte de Bagdá. Está é a maior ofensiva aérea no país desde o início da guerra no Iraque, há três anos. É planejado que o ataque continue por alguns dias. A operação, que também conta com a participação de membros da polícia e unidades especiais do Ministério do Interior apoiadas por helicópteros americanos, começou na região de Al Yalam, disse uma fonte da província de Salahedin, à qual pertence Samara. Fontes militares americanas explicaram que o ataque é realizado contra a insurgência perto de Samara, e dele participam mais de 1,5 mil soldados, 50 aviões e 200 veículos militares. A ofensiva, realizada "de várias frentes", está dirigida contra os insurgentes que se concentraram na zona localizada entre Samara, pelo sul; Al Dour, pelo norte; o rio Tigre, pelo oeste; e os altos de Hamarein, pelo leste. A insurgência estaria atrapalhando a movimentação da população. Segundo as fontes americanas, há um grande temor entre as pessoas de atravessar essa região, que não tem a vigilância das tropas de coalizão. Por isso, a população começou a chamá-la de "triângulo da morte". Esta campanha militar acontece 25 dias após o ataque contra a Mesquita Dourada, um importante santuário xiita de Samara. O atentado gerou uma onda de violência sectária que até agora matou centenas de iraquianos, entre civis, policiais e militares.

Agencia Estado,

16 Março 2006 | 14h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.