EUA libertam suspeitos iranianos

O Exército americano libertou ontem nove iranianos detidos no Iraque, incluindo dois acusados de integrar as Forças Al-Quds, uma unidade de elite da Guarda Revolucionária do Irã. A libertação indica um possível abrandamento nas tensões entre os dois países em relação à segurança no Iraque. Os EUA acusavam Teerã de treinar e financiar rebeldes xiitas em território iraquiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.