EUA: Líderes republicanos apoiam ataque à Síria

O presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, John Boehner, e o líder da maioria republicana na Casa, Eric Cantor, declararam-se nesta terça-feira favoráveis a uma ação militar norte-americana contra a Síria.

AE, Agência Estado

03 Setembro 2013 | 13h14

Boehner defendeu que os EUA ataquem a Síria pelo suposto uso de armas químicas em um ataque que deixou centenas de mortos na madrugada de 21 de agosto e conclamou seus colegas no Partido Republicano a apoiarem a iniciativa do presidente Barack Obama.

Segundo Boehner, somente os EUA têm a capacidade de deter o presidente da Síria, Bashar Assad, e sinalizar a líderes de outras partes do mundo que tais ações não serão toleradas.

Cantor, por sua vez, disse que impedir o uso de armas de destruição em massa faz parte dos interesses nacionais dos EUA.

Boehner e Cantor fizeram os comentários ao término de uma reunião de líderes no Congresso com Obama na Casa Branca. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.