EUA matam 10 e prendem 100 no Afeganistão

Militares dos EUA disseram ter matado 10 supostos rebeldes e capturado mais de 100 numa operação de quatro semanas considerada a maior desde a queda do Taleban, dois anos atrás. Dois soldados afegãos também foram mortos, enquanto dois outros afegãos e dois soldados da coalizão liderada pelos EUA ficaram feridos durante a Operação Avalanche, que terminou na segunda-feira, afirmou um porta-voz militar.A operação envolveu mais de 2.000 soldados dos EUA numa área do sul e leste do Afeganistão. Foram realizadas centenas de patrulhas e buscas, que resultaram na apreensão de armas e detenções. O início da operação foi marcado pela morte de 15 crianças em duas ações contra supostos militantes. Nos dois casos, os suspeitos escaparam.A Avalanche também visava manter os militantes na defensiva durante a histórica assembléia constituinte, ou Loya Jirga, realizada na capital, Cabul, há mais de duas semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.