EUA mudam critério de inscrição para loteria de vistos

O governo dos Estados Unidos mudou o critério para inscrições no programa de loterias (Visto de Diversidade) para obtenção de visto de imigrante para o país. A embaixada em Brasília informou hoje que a partir deste ano todas as pessoas interessadas em participar devem se registrar de forma eletrônica. Não serão mais aceitas inscrições enviadas pelo correio. As inscrições para a próxima loteria acontecem entre 1 de novembro e 30 de dezembro de 2003 por meio do site www.dvlottery.state.gov. O candidato tem de fornecer foto digital. O Departamento de Estado, responsável pela loteria, justificou que a substituição das inscrições em papel pelas eletrônicas tem como objetivo diminuir as possibilidades de fraudes, "dificultando o uso por pessoas que possam representar uma ameaça à segurança dos Estados Unidos."Anualmente, são disponibizados 55 mil vistos pelo sistema de sorteio, para um total médio de 6 milhões de inscritos de todas as partes do mundo. Os vistos são distribuídos entre seis regiões geográficas, sendo que o maior número é concedido às regiões com as menores taxas de imigração. Nenhum visto é concedido a cidadãos de países que enviaram mais de 50 mil imigrantes para os EUA nos últimos cinco anos. Sob esse critério, não estão habilitados a se candidatar Canadá, China (nascidos no continente), Colômbia, República Dominicana, El Salvador, Haiti, Índia, Jamaica, México, Paquistão, Filipinas, Rússia, Coréia do Sul, Reino Unido (exceto Irlanda do Norte) e seus territórios dependentes, e Vietnã. Pessoas nascidas nas Regiões Administrativas Especiais de Hong Kong e Macau e em Taiwan estão habilitadas.Segundo o comunicado da embaixada, os candidatos sorteados serão notificados por correio entre maio e julho de 2004, quando receberão mais instruções sobre a imigração para os EUA. Os que não forem selecionados não serão notificados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.