´EUA não analisou direito situação do Iraque´, diz militar

Willian Fallon, que deve ser o comandante americano no Oriente Médio, disse que os Estados Unidos calculou mal a possibilidade das forças iraquianas de manter o controle do país e subestimou a resistência inimiga."Segurança e estabilidade do país tem sido mais difícil que antecipada", disse Fallon em comunicado para o Comitê de Serviços Armados do Senado. "Nossa capacidade de corrigir a política, economia e a segurança não está sendo necessária". Fallon, que comanda as tropas americanas na região do Pacífico foi escolhido para substituir o general John Abizaid como comandante geral do Comando Central dos Estados Unidos.Na terça, o Comitê de Relações Exteriores do Senado espera a nomeação de John Negroponte, diretor de Inteligência Nacional, como vice-secretário do Estado.No entanto, as confirmações dos novos ocupantes dos cargos não deve gerar protestos, embora o Congresso seja contra o plano do presidente americano, George W. Bush, de enviar 21.500 tropas adicionais ao Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.