EUA não convencem Abbas a negociar com Israel

O negociador palestino Saeb Erekat disse hoje que o enviado especial da Casa Branca para o Oriente Médio, George Mitchell, fracassou em assegurar o apoio palestino para iniciar as negociações diretas de paz com Israel.

AE-AP, Agência Estado

10 de agosto de 2010 | 13h40

Os Estados Unidos pressionam por uma rápida retomadas nas negociações, mas o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, quer primeiro estabelecer uma agenda, um prazo e uma estrutura para a retomada do processo.

Já o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, quer uma negociação direta sem nenhuma precondição. Hoje, Mitchell teve uma reunião com Abbas para tentar mover para frente o processo. Erekat afirmou que após três horas de reunião "não houve ainda um acordo". Mitchell deverá se encontrar amanhã com líderes israelenses. Funcionários dos EUA afirmam que Mitchell pressionará para que as negociações diretas comecem em 1º de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
negociaçãodiretaIsraelPalestinaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.