EUA não decidiram se irão remover Coréia do Norte de lista negra

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, discutiu sobre a Coréia do Norte com os ministros de Relações Exteriores de Japão, China e Coréia do Sul nesta sexta-feira, mas nenhuma decisão foi tomada sobre a retirada do país de uma lista negra do terrorismo elaborada pelos EUA, disse o Departamento de Estado. "Nenhuma decisão foi tomada ainda", disse o porta-voz do Departamento de Estado Sean McCormack. Rice deve conversar com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, sobre o assunto nos próximos dias, disse. Em um acordo firmado em 2005 entre Coréia do Norte, Coréia do Sul, China, Japão, Rússia e os Estados Unidos, o governo de Pyongyang concordou em abandonar todos os seus programas nucleares em troca de possíveis benefícios econômicos e diplomáticos. O acordo tem sido atrapalhado pela relutância da Coréia do Norte em aceitar que um mecanismo verifique sua declaração nuclear.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.