Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

EUA não devem estender envio de tropas ao Iraque para 2008

O envio de tropas norte-americanas para ajudar na segurança em Bagdá pode durar meses, mas não deve se estender a 2008, disse nesta quarta-feira, 21, o ministro da Defesa do Iraque, Abdel Qader Jassim. Washington enviou 21.500 soldados adicionais para o Iraque, além de tropas suporte, com a finalidade de impor segurança na capital como parte de um plano de segurança em Bagdá. Questionado em Londres se o envio de tropas dos EUA continuaria em meados deste ano, Jassim disse que "talvez". "O que acontecerá depende da situação de Bagdá", afirmou. Jassim disse não acreditar em um envio de tropas norte-americanas no ano que vem. Tentativas anteriores para impor medidas de segurança na capital falharam porque o Iraque não conseguiu fornecer o contingente de tropas que havia prometido. O plano de segurança, até o momento, teve sucesso em reduzir as mortes por esquadrões de morte sectários e gangues, disse ele antes da coletiva de imprensa. Ele assegurou que o Exército iraquiano continuará as operações após a partida dos EUA. "O Exército iraquiano e o plano de segurança de Bagdá serão um futuro permanente", disse ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.