EUA não deveriam esperar por Cuba,diz Lula a jornal espanhol

Os Estados Unidos não deveriam esperar Cuba dar o próximo passo para acabar com meio século de animosidade entre os dois países, disse o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, durante entrevista concedida aos jornal espanhol ABC. Lula observou que a decisão do presidente dos EUA, Barack Obama, de levantar algumas restrições a viagens e ao envio de dinheiro a Cuba "é um primeiro passo na direção certa, mas é apenas o começo".

AE-DOW JONES, Agencia Estado

19 de abril de 2009 | 11h00

"É importante não esperar por Cuba para dar os próximos passos", disse Lula ao ABC em Port of Spain, Trinidad e Tobago, onde participa da quinta edição da Cúpula das Américas, que termina hoje. Depois do levantamento das restrições, Obama disse, na sexta-feira, que queria estabelecer "um novo começo" para as relações com Cuba.

Hoje, no entanto, Larry Summers, assessor econômico de Obama, disse durante entrevista à emissora americana de televisão NBC que "ainda há um longo caminho pela frente" antes do fim do embargo a Cuba.

Tudo o que sabemos sobre:
Cúpula das AméricasLulaCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.