EUA não prevêem cancelar mais vôos

As ameaças terroristas que provocaram o cancelamento de sete vôos se dissiparam e não há mais planos de cancelar outras viagens, disse um funcionário do alto escalão do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos. Seis vôos internacionais provenientes da Grã-Bretanha e França e um vôo da Continental Airlines de Washington a Houston (Texas) foram cancelados entre domingo e segunda-feira, devido à possibilidade de supostos atos terroristas.A fonte, que pediu anonimato, disse que não há mais informes que indiquem a existência de ameaças contra vôos. Momentos antes, o porta-voz Brian Roehkasse havia dito que "informações concretas e críveis de inteligência sugeriam que a Al-Qaeda atacaria os vôos" que foram cancelados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.