EUA não têm notícias de Bin Laden há muito tempo

Os Estados Unidos não sabem onde o líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, está e não têm obtido informações confiáveis sobre ele já faz alguns anos. A informação é do secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates. O secretário deu uma entrevista ao programa "This Week", da ABC News, que será transmitido hoje, dias após o presidente Barack Obama ter anunciado que irá enviar mais 30 mil soldados ao Afeganistão.

AE-DJ, Agencia Estado

06 de dezembro de 2009 | 11h41

A expectativa é de que Bin Laden fugiu do Afeganistão para o Paquistão no final de 2001. Gates não confirmou, contudo, informações sobre um prisioneiro no Paquistão que teria informações sobre onde Bin Laden estava no início deste ano.

O chefe da Al-Qaeda é considerado o planejador dos ataques aos World Trade Center em 2001 que matou cerca de 3 mil pessoas. Imediatamente depois dos ataques, as autoridades norte-americanas consideraram a rede Al-Qaeda e Bin Laden os principais suspeitos e ofereceram uma recompensa de US$ 25 milhões para informações que levassem à sua captura ou morte. Em 2007, a recompensa subiu para US$ 50 milhões.

Um relatório do Senado norte-americano divulgado na semana passada informa que Bin Laden estava muito perto de ser capturado pelas forças norte-americanas em 2001 mas escapou porque o então secretário de Defesa, Donald Rumsfeld, rejeitou o pedido de reforços. O estudo aponta Rumsfeld como culpado pela fuga de Bin Laden por negar pedidos de reforços em dezembro de 2001, quando Bin Laden estava preso em cavernas e túneis nas regiões montanhosas em uma área ao leste do Afeganistão, conhecida como Tora Bora. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Bin LadenEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.