EUA negam conspiração contra governo da Bolívia

Autoridades norte-americanas rejeitaram neste domingo as acusações feitas por La Paz de que membros da agência antidrogas dos Estados Unidos (DEA, na sigla em inglês) conspiraram contra o governo do presidente Evo Morales. Um funcionário do Departamento de Estado qualificou as denúncias de "falsas e absurdas". A Bolívia suspendeu a cooperação antidrogas com os EUA. As informações são da Associated Press.

EQUIPE AE, Agencia Estado

02 de novembro de 2008 | 18h35

Tudo o que sabemos sobre:
BoliviaEvo MoralesEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.