EUA negam estar "conspirando" contra o Hamas

Os Estados Unidos negaram nesta terça-feira acusações de que estariam discutindo com Israel formas de desestabilizar o Hamas através de uma tentativa de levar à novas eleições a Autoridade Nacional da Palestina (ANP). "Não existe plano, muito menos conspiração", disse o porta-voz do departamento do Estado Sean MacCormack. Segundo o porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, "não existe tal ´plano´".Nesta terça-feira, o jornal The New York Times estampou na sua capa que os EUA, juntamente com a União Européia e Israel, trabalham para acabar com as chances do Hamas se consolidar como autoridade na ANP. O jornal americano diz que as informações foram passadas por políticos americanos e israelenses, que não revelaram seus nomes devido ao teor da informação.O plano, diz o New York Times, é desestabilizar o lado financeiro da ANP, cortando os investimentos da ONU, controlada pelos EUA e UE, e eliminando os imposto que Israel transfere mensalmente para ANP.Uma outra maneira, continua o NYT, é Israel controlar a entrada e saída de palestinos e produtos da Faixa de Gaza e da Cisjordânia, acabando com praticamente todas as saídas da ANP para o mundo e destruindo a economia interna palestina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.