EUA negam visto a editor de jornal antiamericano

Christos Papoutsakis, editor de um jornal político antiamericano grego, culpou "a mentalidade de Guerra Fria" pela recusa de seu visto para os Estados Unidos, onde participaria de uma conferência em honra à sua publicação, um jornal bimestral chamado "Anti".O jornal foi escolhido para ser objeto de um seminário nesta quinta-feira na Universidade de Columbia, em Nova York, onde será examinado o "jornalismo dissidente" e as relações entre os Estados Unidos e a Grécia. Em um comunicado, a embaixada dos EUA em Atenas afirmou não ter nenhum comentário a fazer sobre o motivo pelo qual o pedido de visto de Papoutsakis fora enviado para o Departamento de Estado para ser analisado. Mas as possíveis razões, segundo as diretrizes da diplomacia norte-americana, incluem associação com comunistas ou grupos suspeitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.