EUA: Obama desfecha primeiro ataque a Romney

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, desfechou o primeiro ataque no terceiro e último debate das eleições presidenciais na noite desta segunda-feira, ao dizer que seu rival Mitt Romney finalmente reconheceu que o maior inimigo dos EUA hoje é a rede terrorista Al-Qaeda, não a Rússia. O debate ocorre em uma universidade em Boca Ratón, perto de Miami.

ANDRÉ LACHINI (AE), Agência Estado

22 de outubro de 2012 | 23h33

"Fico feliz que o senhor reconheça, governador Romney, que a maior ameaça hoje à América seja a Al-Qaeda. Há alguns meses, o senhor disse que a maior ameaça era a Rússia", disse Obama. "Você está não apenas errado, mas também confuso", disse Obama. Segundo ele, se dependesse de Romney, os EUA ainda teriam soldados no Iraque. Obama defendeu a retirada das tropas americanas do Iraque, que ele completou. Romney respondeu dizendo que se referia à Rússia como um "rival geopolítico" e não como um inimigo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.