EUA ordenam a funcionários americanos que deixem Israel, Síria e Kuwait

O Departamento de Estado ordenou a familiares de funcionários americanos e a todo o pessoal considerado não essencial que saiam imediatamente de Israel, da Síria e do Kuwait. O porta-voz Lou Finter disse que a decisão de dar essa ordem na noite deste domingo foi tomada após consultas aos chefes das missões diplomáticas dessas áreas. ?Não temos informações de ameaças específicas a essas áreas?, disse ele.Acreditamos que a iniciativa de ordenar a partida agora representa uma medida prudente enquanto nos preparamos para várias contingências na região, incluindo a possibilidade de interrupção dos serviços aéreos se a ação militar contra o Iraque se tornar necessária?, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado.Ele acrescentou que a decisão ?resulta de uma avaliação geral da situação de segurança na região no momento, o aumento do sentimento anti-EUA e o potencial de violência e ações terroristas contra alvos americanos, especialmente enquanto a comunidade internacional continua a discutir a possibilidade de uma ação militar contra o Iraque.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.