EUA pagarão milhões por veredicto injusto

Uma juíza federal dos EUA ordenou ontem o governo americano a pagar US$ 101,8 milhões de indenização por quatro homens inocentes que passaram cerca de três décadas na prisão porque o FBI reteve informações que poderiam tê-los inocentado. A quantia será dividida entre os dois sobreviventes - entre eles, Joseph Salvati - e as famílias dos dois que morreram na prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.