EUA pedem ao Hamas que tente cessar-fogo com Israel

A Casa Branca exortou hoje o grupo militante islâmico Hamas a alcançar um acordo de cessar-fogo com Israel, enquanto o conflito no território palestino da Faixa de Gaza avança pelo terceiro dia. O vice-secretário de Imprensa dos Estados Unidos, Gordon Johndroe, disse que o Hamas, que governa a Faixa de Gaza, mostra as "verdadeiras cores como um grupo terrorista". Israel afirma que reage a um aumento no número de foguetes disparados pelos militantes do Hamas contra o sul do país.O governo israelense ordenou a concentração de tropas e tanques na fronteira com a Faixa de Gaza. "Com objetivo de parar a violência, o Hamas deve parar de disparar foguetes contra Israel e concordar em respeitar um cessar-fogo sustentável e durável", disse Johndroe. "Esse é o objetivo no qual todas as partes precisam estar trabalhando. É nessa direção que os EUA estão trabalhando", disse. Johndroe disse que o presidente George W. Bush foi informado hoje sobre os últimos desenvolvimentos na Faixa de Gaza. O vice-secretário disse que a Casa Branca continua a ter preocupações sobre a situação humanitária no território palestino. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.