EUA pedem 'engajamento' do Irã para questão nuclear

O governo dos Estados Unidos manifestou neste domingo (4) a expectativa em que o novo presidente iraniano, Hasan Rouhani, "siga a vontade" dos eleitores e faça escolhas que "melhorem a vida" dos iranianos.

Agência Estado

04 de agosto de 2013 | 13h21

Por meio de nota, o secretário de Imprensa da Casa Branca, Jay Carney, disse que a posse de Rouhani, ocorrida neste domingo (4), dá ao Irã "uma chance de agir rapidamente" em relação às preocupações de outros países sobre o programa nuclear iraniano.

Segundo Carney, Rouhani encontrará nos EUA um "parceiro disposto" se decidir "engajar-se substancial e seriamente" no comprimento de suas obrigações internacionais e trabalhar no sentido de uma solução pacífica para a questão nuclear.

Os Estados Unidos e alguns de seus aliados suspeitam que o Irã desenvolva em segredo um programa nuclear bélico. O Irã sustenta que seu programa nuclear é civil e tem finalidades pacíficas, como a geração de energia elétrica e a pesquisa de isótopos medicinais, estando de acordo com as normas do Tratado de Não-Proliferação Nuclear, do qual é signatário.

É improvável, no entanto, que Rouhani possa interferir decisivamente em uma eventual mudança nos rumos do impasse entre Washington e Teerã. No Irã, a presidência ocupa-se da gestão do governo e de questões políticas internas, mas tem pouca influência sobre assuntos de Estado - como é o caso do programa nuclear -, que são decididas pelos aiatolás. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.