EUA pedem julgamento de culpado por ataque na Tunísia

O embaixador dos Estados Unidos na Tunísia pediu ao governo local que leve à Justiça aqueles que atacaram a embaixada. Em mensagem postada no site da embaixada, neste domingo, Jacob Walles diz para as autoridades "continuarem com as investigações" e julgarem os responsáveis.

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2012 | 18h34

Há um mês, manifestantes invadiram a embaixada norte-americana, rasgaram a bandeira dos EUA e queimaram edifícios, incluindo uma escola norte-americana. A mensagem enfatizava que é responsabilidade do governo dar segurança para "os cidadãos e convidados". A Tunísia prendeu cerca de 100 pessoas pelo envolvimento no ataque. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUATunísia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.