EUA pedem que Canadá aceitem refugiados cubanos

Os Estados Unidos pediu ao Canadá que aceite cerca de 40 cubanos refugiados que estavam em sua base militar de Guantánamo, uma vez que o governo americano acredita que Cuba deverá sofrer uma forte emigração caso Fidel Castro morra, segundo fontes ligadas ao governo americano.A petição foi feita durante uma visita de dois dias que fez a secretária, Ellen Sauerbrey, que cuida de assuntos de refugiados e migração, ao Canadá.A secretária americana afirmou que "muitos venezuelanos podem ver esta situação como uma oportunidade para escapar. Estamos desenhando uma estratégia frente ao que pode ocorrer".Segundo informações divulgadas neste sábado, Sauerbrey pediu às autoridades canadenses que modifique as normas de imigração para permitir a entrada de cubanos no país.Segundo Sauerbrey, os 40 cubanos refugiados foram recolhidos por Forças Americanas quando estavam deixando a ilha, mas tecnicamente não podem ficar no Canadá porque se encontravam em seu país de origem.Sauerbrey ainda afirmou que os Estados Unidos está se preparando para uma nova onda de imigração, por conta da frágil situação de Fidel Castro.Fidel está há meses sem aparecer publicamente por conta de um problema intestinal e, desde julho de 2007, cedeu temporariamente a presidência de Cuba para seu irmão, Raúl, que era ministro da Defesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.