EUA pedem que Coréia do Norte acelere a desnuclearização

Inspetores da AIEA vão acompanhar fechamento do reator a convite de Pyongyang

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 13h05

O negociador americano no diálogo nuclear, Christopher Hill, pediu nesta terça-feira, 19, que a Coréia do Norte acelere o seu processo de desnuclearização, informou a agência sul-coreana Yonhap. Hill se reuniu em Seul com o vice-ministro de Relações Exteriores da Coréia do Sul, Shim Yoon-joe. Na segunda-feira, ele já havia conversado com o representante sul-coreano nas negociações, Chun Yung-woo. Após a reunião com o vice-ministro, Christopher Hill ressaltou a necessidade de acelerar o processo. E disse ter esperança de que a desnuclearização seja concluída no fim deste ano. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou na segunda-feira que recebeu o convite da Coréia do Norte para que uma missão de inspetores seja enviada a Pyongyang, para verificar o fechamento da usina nuclear de Yongbyon. Pyongyang se comprometeu a fechar em 60 dias seu reator nuclear de Yongbyon em troca de ajudas internacionais energéticas, num acordo assinado em 13 de fevereiro. Hill revelou que debateu com as autoridades sul-coreanas a data para a próxima rodada da reunião entre as duas Coréias, EUA, China, Rússia e Japão.

Mais conteúdo sobre:
desnuclearização EUA Coréia do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.