EUA pedem que Coréia do Sul não venda armas à Venezuela

Os Estados Unidos pediram à Coréia do Sul que proíba suas empresas de armamento de venderem material bélico à Venezuela, informou neste domingo, 8, a agência sul-coreana Yonhap.Segundo fontes do Governo de Seul e das empresas sul-coreanas consultadas pela Yonhap, os EUA fizeram recentemente este requerimento através de canais diplomáticos.O Ministério da Defesa da Coréia do Sul e as empresas sul-coreanas manifestaram seu receio perante este pedido, porque seu cumprimento pode alterar os planos de exportação ao país latino-americano.Segundo a Yonhap, as empresas sul-coreanas estavam negociando com a Venezuela a venda de equipamentos de telecomunicação, morteiros, aviões, lanchas motoras e outros materiais militares.A Coréia do Sul deve determinar sua postura após esclarecer se a reivindicação de Washington se limita às armas que contêm componentes americanos, acrescentam fontes do setor.Em maio, os EUA impuseram à Venezuela um embargo de armas, após acusar o Governo do presidente Hugo Chávez de não cooperar na luta contra o terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.