EUA perdem milhões em projeto no Egito

Um grupo de empreiteiras internacionais fraudou o governo americano em dezenas de milhões de dólares destinados a projetos egípcios de irrigação, os quais eram parte dos acordos de paz de Camp David, que selou a paz entre Egito e Israel, em 1978 e 1979. Uma dos envolvidas, uma subsidiária da empresa de engenharia suíça ABB Ltd., admitu na quinta-feira ter participado do esquema e concordou em pagar US$ 63 milhões em multas e restituições. Outras duas companhias já haviam reconhecido sua culpa no fim do ano passado, mas só agora o caso está sendo divulgado.Leia mais no site do Estado

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.