EUA podem doar US$ 100 mi para combate à fome

Anúncio deverá ser feito nesta segunda; mulher de Biden visita maior campo de refugiados no Quênia

AE, Agência Estado

08 de agosto de 2011 | 12h51

       

 

DADAAB - Funcionários do governo dos Estados Unidos disseram que Washington está pronta para anunciar um pacote de auxílio de US$ 100 milhões em ajuda emergencial aos países atingidos pela fome no Chifre da África, onde milhares de pessoas morrem pela falta de alimentos.

 

Veja também:

mais imagens OLHAR SOBRE O MUNDO: Somália: uma combinação mortífera

 

O anúncio deverá ser feito mais tarde nesta segunda-feira e poderá ocorrer no mesmo dia em que a mulher do vice-presidente americano Joe Biden, Jill Biden, visita o maior campo de refugiados da fome no leste do Quênia, o de Dadaab. Dezenas de milhares de somalis famintos fugiram para Dadaab nas últimas semanas.

As informações são da Associated Press.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
SomáliafomeQuêniaÁfrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.