EUA podem levar avião espião a bordo de cargueiro russo

A China concordou em permitir que osEstados Unidos desmontem seu avião de espionagem e levem ospedaços de volta para casa a bordo de um aparelho de carga,informou hoje o Ministério das Relações Exteriores chinês.De acordo com o porta-voz da chancelaria, Zhu Bangzao, os EUAreceberão, "em princípio", autorização para enviar umAntonov-124 para recolher o avião EP-3 Aries II. O funcionárionão citou datas. O anúncio representa um passo à frente nas difíceisnegociações sino-americanas sobre a sorte do avião de espionagem que permanece na base chinesa da ilha de Hainan desde quecolidiu com um caça da China em 1º de abril. O avião chinês eseu piloto desapareceram e o EP-3 realizou o que a Chinaconsiderou um pouso de emergência não autorizado em sua base. AChina manteve em seu poder os 24 tripulantes do aviãonorte-americano por 11 dias antes de liberá-los. Segundo Zhu, continuarão as consultas com Washington sobre osdetalhes da operação. Não houve comentário imediato por partedos Estados Unidos sobre a oferta chinesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.