EUA: polícia detém 12 perto da Casa Branca

A polícia de Washington deteve 12 manifestantes nesta quarta-feira, perto da Casa Branca, quando mais de mil pessoas convergiram em protesto no movimento Ocupe Wall Street contra os lucros das corporações e a injustiça na distribuição de renda no capitalismo contemporâneo.

AE, Agência Estado

07 de dezembro de 2011 | 19h39

Após uma hora de conversas, a polícia agiu com truculência e começou a expulsar os manifestantes, que estavam no coração da capital dos Estados Unidos, informa a agência France Presse (AFP). A passeata de hoje se segue a um protesto feito na terça-feira no Capitólio, quando centenas de ativistas apoiados por líderes sindicais e grupos de defesa dos direitos civis fizeram a manifestação "tomem de volta o Congresso".

Para a quinta-feira, os manifestantes prometeram voltar novamente às ruas, com preces de líderes religiosos. O protesto desta quarta-feira aconteceu na chamada "K Street" da capital, epicentro da lucrativa indústria lobista de Washington. Foi o segundo dia dos três previstos para os protestos na capital.

Em grande parte, os protestos que se espalharam de Nova York para o resto dos EUA a partir de setembro se mantém fortes em Washington. Os manifestantes montaram um acampamento com 15 tendas no National Mall, uma esplanada entre a Casa Branca e o Capitólio.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.