EUA preparam a guarda palestina para confronto com Hamas

A administração Bush tomou para si a missão de treinar e armar a guarda presidencial do presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmoud Abbas. O treinamento teria como objetivo preparar a guarda para um potencial confronto violento com membros do Hamas na Faixa de Gaza, informou o site israelense Haaretz. O programa deverá contar com instrutores egípcios, britânicos e até jordanianos.Porém, segundo fontes palestinas, o treinamento da "guarda pessoal do presidente" começou há mais de um mês sob a supervisão de um instrutor militar norte-americano. O treinamento acontece em Jericó e envolve homens da Força 17, batalhão de elite do Fatah e que é tradicionalmente designado para a proteção do presidente da AP. Cerca de 400 soldados da Força 17 estão em treinamento desde agosto.Segundo informações da imprensa mundial, os Estados Unidos querem ver o número de homens na Força 17 aumentar para aproximadamente 3.500 a 6.000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.