EUA preparam novas sanções contra regime sírio

O governo de Barack Obama prepara novas sanções contra o regime do presidente Bashar Assad e seus aliados no momento em que a secretária de Estado Hillary Clinton se encaminha para a Turquia para encontros, no final de semana, com importantes autoridades turcas e ativistas da oposição síria.

AE, Agência Estado

10 de agosto de 2012 | 10h46

Altos funcionários norte-americanos que viajam com Hillary disseram que novas sanções, com o objetivo de acelerar a queda de Assad, são iminentes. As fontes falaram em condição de anonimato.

As sanções devem complementar penalidades já impostas, que têm como alvo o círculo interno de Assad, incluindo todo o seu gabinete, além de alguns iranianos e entidades que têm dado apoio ao regime.

Hillary se prepara para discussões em Istambul, no sábado, que se concentrarão na formação de um "quadro operacional comum" com turcos e sírios para orientar a transição democrática na Síria pós-Assad, disseram as fontes.

Hillary também vai impulsionar o envio de ajuda humanitária para dezenas de milhares de sírios que fogem do país, disseram eles. Em Istambul, Hillary deve anunciar ajuda humanitária adicional de US$ 5,5 milhões, o que vai elevar para US$ 82 milhões os recursos norte-americanos durante o conflito, que já chegou ao 17º mês. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaEUAsançõesHillary

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.