EUA procuram homem por possível exposição a Ebola

Autoridades em Dallas estão procurando por um homem sem-teto que pode ter tido contato com o paciente diagnosticado com o vírus Ebola nos EUA, afirmaram autoridades neste domingo.

Estadão Conteúdo

05 de outubro de 2014 | 15h37

O sem-teto não é considerado como uma das 10 pessoas que realmente tiveram contato com Thomas Eric Duncan, que está internado em situação de saúde grave em um hospital de Dallas após ter viajado para os EUA da Libéria, um dos países do Oeste da África mais atingidos pela epidemia de Ebola. O sem-teto é parte de um grupo de 38 pessoas que podem ter estrado perto de Duncan quando ele mostrou os sintomas da doença, disseram as autoridades.

O juiz de Dallas Clay Jenkins disse que o homem é um "indivíduo de baixo risco". As autoridades monitoraram ele um dia antes, mas querem medir sua temperatura regularmente para ter certeza que não está com febre, um possível sintoma da infecção do Ebola.

"Nós estamos trabalhando para localizá-lo e deixá-lo confortável um lugar ponde possamos monitorá-lo e cuidar deles se necessário", afirmou Jenkins, acrescentando que a busca pelo homem era de precaução.

O grupo de 10 pessoas é composto por sete funcionários de saúde e três membros da família ou contatos da comunidade, afirmou Tom Frieden, diretor do Centro Federal para Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAEbolaSem-Teto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.