EUA prometem US$ 60 mi em ajuda para oposição síria

O secretário de Estado norte-americano John Kerry disse que o governo de Barack Obama vai fornecer à oposição síria US$ 60 milhões adicionais em ajuda e irá, pela primeira vez, enviar auxílio não letal como alimentos e suprimentos médicos para os rebeldes que lutam para derrubar o presidente Bashar Assad.

Agência Estado

28 de fevereiro de 2013 | 09h34

Kerry anunciou a ajuda e a mudança de política nesta quinta-feira em Roma, às margens de uma conferência internacional sobre a Síria. Há expectativa também para que países europeus sinalizem sua intenção de dar mais assistência à oposição síria.

Kerry disse que a decisão norte-americana tem como objetivo elevar a pressão para que Assad deixe o comando do país e abra caminho para uma transição democrática. Ele disse que a assistência também tem como meta ajudar a oposição a governar áreas recentemente liberadas da Síria e atenuar a influências dos extremistas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaoposiçãoEUAajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.