EUA proporão à Rússia redução de arsenais

O presidente americano, Barack Obama, pretende convocar uma reunião com a Rússia para discutir uma redução de 80% dos arsenais de armas nucleares dos dois países, publicou ontem o jornal britânico The Times.Obama quer assinar um tratado com as autoridades russas para reduzir de 5 mil a 1 mil o número de ogivas atômicas de cada potência.O principal objetivo da iniciativa é revisar o plano do governo de George W. Bush de instalar um escudo antimísseis na Europa, ao qual a Rússia se opõe por considerá-lo uma provocação desestabilizadora. Obama estabelecerá um escritório encarregado da não-proliferação nuclear, que será chefiado por Gary Samore, que trabalhou com Bill Clinton nessa área.

EFE, O Estadao de S.Paulo

05 de fevereiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.