EUA pune entidades da China por laços com Irã e Síria

Os Estados Unidos impuseram hoje sanções contra empresas da China e de outros países, por fazerem transações comerciais com Irã, Síria e Coreia do Norte que fornecem materiais para armas de destruição em massa ou para a produção de mísseis.

GABRIEL BUENO, Agência Estado

24 de maio de 2011 | 13h58

As sanções atingem 16 entidades estrangeiras, sediadas na China, Bielo-Rússia, Irã, Coreia do Norte, Síria e Venezuela, informou o subsecretário de Estado James Steinberg. Com as sanções, nenhum órgão do governo dos EUA manterá vínculos com essas entidades. A proibição inclui o embargo à comercialização de armas com essas empresas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAsançõesChinaIrãSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.