EUA querem eliminar o Islã, diz Omar, o líder do Taleban

O líder do Taleban, mulá Mohammed Omar, disse que os EUA devem retirar-se do Golfo e dar apoio aos palestinos no conflito com Israel se querem remover a ameaça do terrorismo. Em nota enviada por fax às agências de notícias, Omar afirmou que a morte de Osama bin Laden, acusado pelos EUA de ter planejado o atentado nos EUA, não solucionará a ameaça contra os EUA. "Se os americanos querem eliminar o terrorismo, devem retirar suas forças do Golfo e devem acabar com a atitude parcial em relação à questão palestina", disse Omar. Ele acusou os EUA de "tornarem o Islã refém" e disse que o país deveria evitar interferir nas questões mulçumanas. "A América quer eliminar o Islã e está espalhando a perspectiva fora da lei de instalar um governo pró-americano no Afeganistão", disse Omar. "Esse esforço não solucionará o problema e os americanos destruirão a si mesmos se tomarem parte nesse tipo de atividade", acrescentou. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.