EUA querem garantir estabilidade do Paquistão, afirma Bush

O presidente norte-americano George W. Bush disse que os Estados Unidos querem fazer o possível para assegurar a estabilidade do Paquistão, mas que o país tem problemas graves com o regime Taleban do Afeganistão. Bush disse também que o Taleban é tão responsável quanto Osama bin Laden pelos ataques terroristas nos EUA de 11 de setembro.Os comentários do presidente pareciam responder às declarações do ministro de Relações Exteriores do Paquistão, Abdul Sattar. O ministro paquistanês disse no início do dia que qualquer ação dos EUA para derrubar o regime Taleban poderia provocar a ruptura da cooperação do Paquistão na luta contra o terrorismo."Acredito que a maioria das pessoas do mundo compreende que falo sério quando afirmo que se você protege um terrorista é tão culpado quanto o terrorista", afirmou Bush após encontro com o primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi. "Não temos qualquer questão pendente ou raiva dos cidadãos afegãos", reiterou."Obviamente temos sérios problemas com o governo do Taleban", acrescentou. Bush afirmou que os EUA estão buscando apoio e cooperação do povo do Afeganistão que se opõem ao Taleban. Na segunda-feira, a Rússia informou que estava abastecendo a Aliança do Norte com hardwares militares. A aliança se opõe ao regime do Taleban.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.