EUA querem mediar disputa China-Japão

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, propôs ontem que seu país seja a sede de um encontro entre chineses e japoneses para negociar disputas territoriais no Pacífico, reduzindo a tensão entre as potências asiáticas. A relação Pequim-Tóquio deteriorou-se há dois meses, depois de o Japão prender o capitão de um barco em uma zona disputada, enfurecendo a China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.