EUA querem trocar garantias por escrito com Coréia do Norte

O subsecretário de Estado dos Estados Unidos, Richard Armitage, disse que seu país está disposto a garantir por escrito que a Coréia do Norte não será invadida se desmantelar seu programa de armamento nuclear. Armitage descartou a possibilidade de um tratado formal de não agressão solicitado pela Coréia do Norte, mas afirmou que os EUA estão abertos para troca de algum tipo de garantia por escrito."Não temos intenções hostis em relação à Coréia do Norte e não vamos invadir o país. Acreditamos que há uma forma de documentar isto, seja por meio de uma troca de cartas, ou declarações oficiais, ou algo do tipo", disse o subsecretário a jornalistas japoneses em Washington. Seus comentários foram transmitidos hoje pela rede de TV pública NHK.O pacto proposto aparentemente substituiria um acordo assinado por Washington e a Coréia do Norte em 1994 pata limitar a capacidade norte-coreana de extrair de seus reatores nucleares plutônio de grau adequado para a fabricação de armas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.