EUA querem votação sobre programa nuclear do Irã

A secretária de estados dos EUA, Condoleezza Rice, quer que se realize o quanto antes uma votação sobre o envio do Irã ao Conselho de segurança das Nações Unidas, para que a República Islâmica responda por seu programa nuclear. Segundo Rice, o governo dos Estados Unidos trabalha para conquistar apoio para a proposta.Representantes dos EUA, União Européia, Rússia e China se reúnem nesta segunda-feira, em Londres, para discutir a questão. Mesmo se o Irã foi encaminhado ao Conselho de Segurança, russos e chineses, com poder de veto, poderiam bloquear a imposição de sanções ao país. A decisão do Irã de reiniciar suas pesquisas para o enriquecimento de urânio alarmou o Ocidente, que teme que Teerã pretenda criar uma bomba atômica. O governo iraniano garante que busca apenas dominar a tecnologia nuclear para gerar eletricidade. Nesta segunda-feira, a rádio estatal iraniana informou que o país alocou o equivalente a US$ 215 milhões para a construção de uma segunda e uma terceira usinas nucleares. O primeiro reator iraniano foi construído em Bushehr, com apoio russo. A República Islâmica pretende erguer mais 20 dessas instalações, e a Rússia já se ofereceu para ajudar."Temos de mostrar ao Irã que não se pode pôr de lado impunemente as exigências da comunidade internacional", disse Rice, durante viagem à África para a posse da presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf. Em conversas telefônicas durante o fim de semana, Rice discutiu os desenvolvimentos no Irã com o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, e ministros de países que compõem a diretoria da Agência Internacional de energia Atômica (AIEA), órgão das Nações Unidas que fiscaliza atividades nucleares. A AIEA já definiu que o Irã violou um tratado internacional contra a proliferação de armas nucleares, mas a diretoria da agência ainda não votou sobre se deve ou não enviar o caso ao Conselho de Segurança, que poderia impor punições ao país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.